7.4.17

dos dias simples (II)


3.4.17

dos dias simples


12.1.17

a ilha (II)





21.12.16

O hotel (II)




A ilha




o hotel



19.11.16

O lado de fora


MAAT: uma introdução

5.11.16

dos quotidianos


1.11.16

white intimacy


11.9.16

Gattaca. Andrew Niccol, 1997.


Gentes da Terra e do Mar


25.6.16

"Mas eu era então tão novo - pensa ele. - Também não devia fazer o que podia, mas aquilo que sabia." Os pensamentos brotam agora muito pesadamente; dava por isso, sentia-o. O veículo ainda ignora o que se aproxima. "E apesar de tudo, paguei. Comprei o meu fantasma, ainda que o pagasse com a própria vida. Quem mo podia impedir? O homem tem o privilégio de se destruir a si próprio desde que não faça mal a ninguém, e desde que viva por si e para si..." Pára bruscamente; imóvel, a respiração suspensa, invade-o uma consternação muito próxima do terror. Tem agora a consciência da areia, e essa constatação dá-lhe o sentimento que qualquer coisa se prepara nele para um esforço formidável.[...]"

Luz de Agosto, William Faulkner

29.5.16


26.3.16

olha directo coisa a coisa, conhece os poemas que se fazem a si mesmos